Notícias do Sinpol-MS

Fórum dos Servidores manifesta-se contrário ao projeto de Previdência Complementar

Assecom Sindijus-MS

Na quinta-feira (2), o diretor trabalhista do Sinpol-MS, Amaury Pontes, juntamente com os coordenadores do Fórum dos Servidores Públicos de Mato Grosso do Sul reuniram-se com o deputado José Carlos Barbosa (Barbosinha), relator do PLC nº 08/2018 que trata da Previdência Complementar. Eles manifestaram-se contrários ao projeto e solicitaram a retirada da proposta na Casa de Leis, devido as eventuais irregularidades e ilegalidades cometidas pelo Governo do Estado na aprovação da Lei 5.101/2017, que refletem diretamente na proposta, e foram apontadas por um parecer técnico da Subsecretaria dos Regimes Próprios de Previdência Social.

Há também falta de estudo atuarial sobre a última Reforma Estadual da Previdência, nesta nova proposta o governador indicaria todos os membros dos Conselhos Deliberativo e Fiscal por 2 anos, até que seja possibilitada eleição, após já terem indicado os membros da diretoria executiva.

Outro ponto importante a ser analisado é a natureza jurídica e características da Previdência Complementar aparentemente ser a mesma da Petros/Petrobrás e Postalis/Correios, que segundo notícias encontram-se com déficits gigantescos com necessidade aumentos drásticos nas alíquotas dos trabalhadores.

 Barbosinha fez o compromisso de ampliar o debate sobre a proposta e analisar tecnicamente. “O meu compromisso é de ouvir todos, recolher todas as informações, vou dialogar com a Ageprev e a partir daí que vamos dar encaminhamento. Não vamos fazer nada no afogadilho. Vamos verificar o que é consistente, o que não é consistente e trabalhar de forma técnica”, garantiu o deputado. 

Fonte: Com informações da Assecom Sindijus-MS


Parceiros

volta ao topo