Notícias do Sinpol-MS

DP de Camapuã custodia presos condenados irregularmente, afirma Sinpol

Divulgação

A custódia de presos em delegacias é um problema crônico que advém desde a criação da Polícia Civil em Mato Grosso do Sul, que já culminou em policiais civis feridos, mortos e fugas frequentes. A mais recente ocorreu em Camapuã, na última sexta-feira (09), quando dois detentos conseguiram abrir o cadeado com uma chave mixa e serrar a grande do solário. Eles foram recapturados um dia depois graças ao empenho dos policiais civis. Atualmente a unidade policial abriga onze presos, sendo que quatro são condenados e três deles já têm autorização para transferência. Segundo o presidente do Sinpol-MS, Giancarlo Miranda, a entidade tem feito um trabalho intenso, cobrando das autoridades competentes a resolução do problema. “É inadmissível que ainda tenhamos presos em delegacias de polícia, ainda mais condenados. Jamais desistiremos de acabar com esse desvio de função dos policiais civis. A custódia de presos é função dos agentes penitenciários e quando ela é realizada pelo policial civil, a elucidação de crimes fica prejudicada e, consequentemente, a sociedade perde”, declarou. O sindicato oficiou a Coordenador da Vara de Execuções Penais (Covep) informando a situação da unidade policial e solicitando providências.


Parceiros

volta ao topo