Notícias do Sinpol-MS

Sinpol alerta para perda da renda de servidores públicos em momento crítico

O Sinpol alerta para a perda da renda de servidores públicos ativos, aposentados e pensionistas em um momento crítico da economia, por conta da pandemia do coronavírus, devido ao projeto que tramita na Assembleia Legislativa sobre a reforma da previdência proposta pelo governo estadual. O projeto aumenta as alíquotas da cobrança previdenciária de 11% para 14%.

"É importante que os servidores se mobilizem, falem com os deputados para que a Assembleia não aprove esse projeto. Essa medida vai gerar um impacto significativo no salário dos servidores, com desconto de até R$ 183,00 para quem está na ativa e de até R$ 708,00 para aposentados e pensionistas, além dos valores já descontados atualmente. Pedimos que os deputados retirem o projeto de pauta e sentem com as categorias para debater uma alternativa e não aprovar essa medida que vai retirar renda do servidor em um momento tão difícil da nossa economia", explica o presidente do Sinpol, Giancarlo Miranda.

Atualmente, aposentados e pensionistas que recebem até R$ 6.101,06 não pagam a Previdência, mas com a aprovação do projeto os valores cobrados serão entre R$ 134,54 a R$ 708,68.

O Sinpol lembra que a Emenda à Constituição Federal que trata da Reforma da Previdência não obriga que os estados repassem integralmente a alíquota de 14% aos servidores, sejam aposentados ou ativos e que o projeto pode ser votado até 31 de julho. "Entendemos que a melhor decisão neste momento é a retirada do projeto”, afirma Giancarlo Miranda.


Parceiros

volta ao topo