Notícias do Sinpol-MS

Relatório da Reforma da Previdência é aprovado sem os destaques que incluiriam a aposentadoria policial

A comissão especial da Reforma da Previdência rejeitou o Destaque 47, por 31 votos a 17, e ainda, o Destaque 40, por 30 votos a 19, os quais traziam a confirmação da aposentadoria policial. Da forma que foi aprovado, o texto atual só trata da Polícia Federal e da Polícia Rodoviária Federal, pois retirou os Estados e Municípios da reforma.

O presidente da Sinpol, Giancarlo Miranda, e o diretor administrativo adjunto, Jaime Martinelli, acompanharam pessoalmente as votações no plenário da Comissão Especial, na Câmara dos Deputados, ao lado de demais dirigentes da Cobrapol e UPB. “O que ocorreu ontem foi um desestímulo ao trabalho policial no país inteiro, e vem contra as promessas do presidente Jair Bolsonaro”, declarou Giancarlo.

O texto segue agora para votação no Plenário da Câmara dos Deputados, mas a Cobrapol e a UPB continuam lutando para que sejam incluídas emendas ou até mesmo a retirada da segurança pública do texto. “Perdemos uma batalha, mas a guerra continua e por isso precisamos de todos na mobilização”, finalizou Giancarlo.


Parceiros

volta ao topo