Notícias do Sinpol-MS

Policiais civis evitam tentativa de suicídio; isolamento pode agravar depressão e Sociedade Psicanalítica tem atendimentos voluntários

No fim da última semana, Policiais civis do Grupo de Operações e Investigações - GOI, que estavam em diligências sobre um homicídio, conseguiram impedir que uma mulher saltasse de uma ponte, no bairro Aero Rancho, em Campo Grande.
“Parabenizamos os policiais que tiveram sensibilidade de perceber a situação e também agiram rapidamente evitando uma tragédia”, diz o presidente do Sinpol, Giancarlo Miranda.

Com o isolamento social preconizado pelas autoridades de saúde como medida de combater a propagação do coronavírus e o próprio temor causado pelo avanço da doença, as pessoas ficam mais suscetíveis a transtornos mentais, como depressão e crises de ansiedade, por isso é preciso estar atento aos próximos e também saber onde buscar ajuda.
A Sociedade Psicanalítica de Mato Grosso do Sul (SPMS) está disponibilizando gratuitamente atendimentos  humanitários em saúde mental para os cidadãos afetados psicologicamente pelos impactos da Covid-19. O serviço, realizado por meio do teleatendimento, visa amenizar os danos psíquicos gerados pela pandemia e conta com 13 psicanalistas voluntários.

A presidente da entidade, Cátia Codorniz, afirma que a dor psíquica pode provocar danos em longo prazo, como o surgimento de depressão,  ansiedade e confusão mental: “O suporte de um profissional torna-se fundamental para que o paciente possa entender seus sentimentos e conseguir lidar com esse período de tantas mudanças e inquietações. No momento de crise, a pessoa poder ser entendida, e ao mesmo tempo se compreender, pode fazer toda a diferença.”
O atendimento pode ser solicitado por meio do site  http://spms.com.br/ ou pelo telefone: (67) 99141-4221.

Confira aqui o vídeo do resgate feito pelos policiais do GOI

 


Parceiros

volta ao topo