Notícias do Sinpol-MS

Plenário da Câmara começa a discutir reforma da Previdência nesta terça-feira

O Plenário da Câmara dos Deputados começa a discutir a proposta de reforma da Previdência (PEC 6/19) nesta terça-feira (9), em sessões pela manhã e pela tarde até quinta-feira (11).

Aprovada na madrugada da última sexta-feira (5) na comissão especial, a proposta de emenda à Constituição aumenta o tempo para se aposentar, limita o benefício à média de todos os salários, aumenta as alíquotas de contribuição para quem ganha acima do teto do INSS e estabelece regras de transição para os atuais assalariados.

O presidente do Sinpol, Giancarlo Miranda; o diretor trabalhista, Tony Messias; e o diretor administrativo, Alessandro Jacometo, estão em Brasília, acompanhando as negociações e trabalhando na tentativa de garantir a aposentadoria policial. “Continuamos em vigília aqui, nos reunindo com diversos deputados, pedindo apoio para que tenhamos nossos direitos respeitados. A aposentadoria policial não é um privilégio”, declarou Giancarlo.

Para ser aprovado, o texto e cada parte dele que pode ser votada em separado precisam do voto favorável de, ao menos, 308 deputados em dois turnos de votação.


Parceiros

volta ao topo