Notícias do Sinpol-MS

Em reunião na DGPC, Sinpol discute regulamentação nas escalas do plantão

Sinpol-MS

Nesta segunda-feira (14), o Sinpol-MS reuniu-se com o delegado-geral, Marcelo Vargas, para sobre a regulamentação das escalas dos policiais civis, solicitando que cada caso seja analisado visando o bom funcionamento da unidade. Segundo o presidente do sindicato, Giancarlo Miranda, é preciso usar o bom senso, primando por uma escala que não ultrapasse as 40 horais semanais previstas na Lei 114/05 e, se ultrapassar, o sindicato propõe a criação de um banco de horas para os policiais civis para compensação, até que se regulamente as horas extras para recebimento. “Sabemos que cada delegacia tem uma realidade diferente. Por isso, é necessário que as escalas sejam elaboradas de acordo com a necessidade e ratificada pelo Conselho Superior da Polícia Civil”, destacou.

 

Promoção funcional

O sindicato solicitou o aumento das vagas na promoção funcional deste ano e a celeridade para o início do curso presencial na Acadepol. Vargas informou que a DGPC requisitará o aumento da vagas ao governo do estado e que o curso presencial está previsto para o mês de agosto.

 

Pensão

O sindicato solicitou apoio do delegado-geral para que interceda junto ao governo do estado para que encaminhe um projeto de lei pleiteando a pensão vitalícia para os cônjuges de policiais civis mortos em razão do serviço policial. Vargas considera o pedido válido e que intercederá junto à administração estadual.

 

Participaram da reunião o presidente do sindicato, Giancarlo Miranda, o secretário-geral, Jaime Martinelli, o diretor trabalhista, Amaury Pontes, e os coordenadores da secretaria de aposentados, Antônio Bianco e Rildo Maranhão.


Parceiros

volta ao topo