Artigos

Aos novos Policiais Civis do Estado de Mato Grosso do Sul

Parabenizo os Policiais Civis novatos pelo ingresso na categoria, tanto os que já estão nas delegacias como os que recém adentraram na Acadepol. Mato Grosso do Sul ansiava há muito tempo pelo aumento do efetivo devido ao notório, até mesmo a olho nu, aumento da violência. Vocês já entram com o desafio de diminuir essa criminalidade e devolver a sensação de segurança à população. Para isso, aconselho que façam dessa profissão um sacerdócio, pois desse modo conseguirão êxito em todos os seus trabalhos.

Com o acréscimo de mais de 500 novos policiais, a Polícia Civil consegue respirar novamente, sabe-se que ainda é muito grande o déficit de pessoal, todavia, com esse incremento, a partir de agora pode-se ao menos fazer os trabalhos básicos atinentes a Polícia Judiciária, que é o de apurar as infrações penais e materializar a sua autoria.

Caros novos colegas, posso assim chamá-los, pois no momento em que engrossam as fileiras da Polícia Civil, automaticamente já são companheiros do restante da categoria e ombreiam, todos, o combate a criminalidade, cumprindo o mister pelo qual foram aprovados no concurso público de provas e títulos. Investigadores, escrivães e peritos papiloscopistas e criminais que se somaram ao grupo da Polícia Civil, fazem parte do alicerce de Segurança Pública que a população precisa para viver com mais tranquilidade.

Não esmoreçam quando encontrarem situações precárias em seus ambientes de trabalho, ou verificarem a falta de estrutura nas delegacias, ou ainda, tiverem que lidar com desvio de função. Lembrem-se que o maior patrimônio da Polícia Civil não são as viaturas, as armas ou seus prédios, mas sim os homens e as mulheres que a compõem.

Estejam engajados na luta pelos seus direitos conferidos em lei. Combatam da mesma forma que o crime o assédio moral em seu local de trabalho. Façam parte do Sindicato e se unam a ele nas campanhas salariais e na briga por direitos e garantias dos Policiais Civis. Façam muito mais que o trabalho policial, valorizem a sua profissão e a sua carreira, que vem desde o bom atendimento ao cidadão até a busca por um subsídio condizente com a função. Afinal, as suas vidas são postas em jogo todos os dias, e elas não têm preço.

Para encerrar, meus colegas, desejo que trilhem uma carreira de sucesso nos quadros de nossa Polícia Civil, podendo sempre contar com o Sinpol-MS para quaisquer situações que tiverem dúvidas ou forem afligidos em seus direitos.

Autor: Giancarlo Corrêa Miranda - Diretor Jurídico do Sinpol-MS
 


Parceiros

volta ao topo